Querido Poeta: Correspondência de Vinicius De Moraes by Vinicius de Moraes

Page Updated:
Book Views: 8

Author
Vinicius de Moraes
Publisher
Date of release
Pages
372
ISBN
9788535903683
Binding
Paperback
Illustrations
Format
PDF, EPUB, MOBI, TXT, DOC
Rating
5
63

Advertising

Get eBOOK
Querido Poeta: Correspondência de Vinicius De Moraes

Find and Download Book

Click one of share button to proceed download:
Choose server for download:
Download
Get It!
File size:9 mb
Estimated time:2 min
If not downloading or you getting an error:
  • Try another server.
  • Try to reload page — press F5 on keyboard.
  • Clear browser cache.
  • Clear browser cookies.
  • Try other browser.
  • If you still getting an error — please contact us and we will fix this error ASAP.
Sorry for inconvenience!
For authors or copyright holders
Amazon Affiliate

Go to Removal form

Leave a comment

Book review

Querido poeta reúne mais de duzentas cartas e bilhetes escritos ou recebidos por Vinicius de Moraes (1913-1980), em quase cinqüenta anos, entre 1932 e 1980. Organizada cronologicamente, a correspondência permite acompanhar a vida familiar, as relações amorosas de Vinicius e a transição empreendida por ele da poesia para a música popular. O diálogo com colegas do Itamaraty ilustra aspectos da carreira diplomática e das idéias políticas do poeta.O livro não traz a correspondência completa de Vinicius, mas faz um levantamento extenso a partir do material guardado pela família e depositado na Fundação Casa de Rui Barbosa desde sua morte, enriquecido ainda pela contribuição de amigos e das famílias desses amigos, muitos já falecidos. Entre remententes e destinatários estão brasileiros e estrangeiros: Manuel Bandeira, Cândido Portinari, Mário de Andrade, Augusto Frederico Schmidt, Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Mello Neto, Otto Lara Resende, Antonio Maria, Sergio Buarque de Hollanda, Rubem Braga, Charles Chaplin, Orson Welles, Elizabeth Bishop, Norma Bengell, Carlos Heitor Cony, Carlos Lyra, Ferreira Gullar, Chico Buarque e Antonio Carlos Jobim.Leia a seguir um trecho da apresentação do livro, em que Ruy Castro discute a idéia consagrada de que o compositor teve uma vida de prazeres e ressalta a condição contraditória do homem por trás do poeta:"Vinicius levou mesmo uma vida invejável - e uma 'vida de poeta' -, mas por outro motivo que as cartas deixam bem claro: pela coragem de atirar-se à vida, rever posições, acreditar em idéias, suportar perdas e, literalmente, distribuir amor. A facilidade com que se apaixonava e a ênfase com que se doava a uma paixão só tinham paralelo na paixão seguinte - que vinha substituir a anterior com a mesma força e a mesma entrega. [...] Vinicius criava em torno de si um cinturão de afeto que aprisionava e contagiava seus próximos. Aqui se vai descobrir o Vinicius pai, o Vinicius filho, o Vinicius irmão. [...] Assi[...]


Readers reviews